Résilience

Since Saturday, November 14th 2015, everything seemed weirdly normal in Paris. For me it is hard to believe in the attacks and in this reaction. There is an impressive effort to keep a “normal” life, an remarkable resilience. During the attacks’ following week, I left home just to walk around, to feel the city with my camera. I wanted to capture how I felt Paris. I came back home feeling devastated of course, but also inspired by the power of resilience, by the effort to ignore the fear and to move forward.

*

Desde sábado, tudo parece estranhamente normal em Paris. É difícil acreditar. Há um esforço impressionante pra dar continuidade à vida, uma resiliência memorável. Na semana seguinte aos atentados, eu sai de casa apenas para dar uma volta, para sentir a cidade com a minha câmera. Eu queria fotografar como eu iria sentir Paris. Cheguei em casa me sentindo devastada, é claro, mas também inspirada pelo poder da resiliência, pelo poder do esforço para ignorar o medo e seguir adiante.